Artista: Djonga | Dj Caique
Single: Meus Melhores Versos [#CE4] Ano: 2017
Faixas: 1

 

LETRA:

[Intro] Quem brincará
Quem dançará
Quem sairá

[Verso 1] Meus melhores versos vocês nem ouviram
Algumas delas ouviram, é que eu fiz na hora
Umas sentadas no meu colo e eu senti o poder
Pras mais sinceras, eu pedi colo
Não gosto de perder
Melhores versos que meu filho sinta
Quando eu olhar pra ele, o capeta me entrega
O mundo só pede que eu minta (ele pede que eu minta)
Mesmo com medo olho pra ele
Se o assunto é referência então
Citem seus pais, ou melhor suas mães
Tipo que ela respira fundo quando ouve o barulho dos portões
Você voltou com vida
E o maior papo de bandido, uma mãe me disse
Seu filho sangrava na cama
É que a lei do retorno existe
É que a lei do retorno insiste
Até ver um por um no chão então vai na manha
Chorei ao descobrir que a vida não tem remix, não
Eu seria o maior do DJ’s
Quantos irmãos eu fiz chorar?
Quantas família fizemos chorar?
Me arrependo, e que paguemos por nossos pecados
O maior é o da carne
Ela deitada, eu só penso nisso
Não me importo com ela, finjo que gosto dela
Tudo isso pra foder de novo
Mato um pedaço dela

[Refrão] Quando um preto morre o céu
Ganha um novo Orixá
Ganha um novo Orixá
Nasce um preto morre o céu
Viva o novo Orixá
Viva o novo Orixá

[Verso 2] Vocês ouviram as punchline, mas só eu sei
As linhas de soco que a vida me deu
Como se fosse Apollo, nocauteado por Rocky
Qual cor apanha? Veja quem bate
Antes que eu me sufoque
Hoje eu tenho os tênis que eu quero
As roupas caras que eu quero
E as brancas que eles mandaram eu querer
Lembro eu tomando o primeiro tapa na cara
Aqui é o bicho, se não aprender menor, cê vai morrer
E eu lembro dos que partiu quando eu olho pros que tá junto
Chego arrepiar, tem uns que eu amo e já imagino no caixão
Lamentável é
Tem que se acostumar
Mães choram, mães oram
Minha virgem mãe, olhe por nós
Mães choram, mães oram
Minha virgem mãe, olhe por nós
Melhores versos escrevi chorando
Porque eu te vi chorando
Logo gravei gritando
Desesperado não paramos eternos gerúndio
E só o topo me interessa, o topo me interessa
Vamos trocar roleta russa por montanha russa
Se divertir e entender que são altos e baixos
Não comentamos mais erros graves, igual linhas de baixo
E aperte o cinto que essa vida é mó viagem

[Refrão] Quando um preto morre o céu
Ganha um novo Orixá
Ganha um novo Orixá
Nasce um preto morre o céu
Viva o novo Orixá
Viva o novo Orixá

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here