Artista: Well part. Djonga
Single: Muito Bem Feito (Prod. Everton Beatmaker)
Ano: 2017
Faixas: 1

LETRA:

[Verso 1: Djonga] E esse jogo é esses cara contra eles memo
Deixa jogar
Esse sangue não é meu, essa luta não é nossa
Deixa jorrar
Pesadão pique César Menotti
E “é aqui que eu quero ficar”
Meu nome num é chiclete pra boy mascar
Depois do progresso
Qualquer zagueiro quer marcar
Puyol ou Cafú
FBC e Djonga é Ganso com Neymar
Eu e Zulu é Garrincha
E Sócrates poeta
Cês nem são da pele, mas são Pelé:
Calados são poeta
No país do Carandiru ou da Candelária
MC’s disputando quem come mais cu
Que coisa hilária
Assisti Fruitvale Station
Chorei pacarai
É um filme que o preto morre no final
Ta rindo, né pai?
Frantz Fanon que o diga
Tira essa máscara branca
Iansã que te perdoe
Cês ainda é revista e vem meter a banca
Igual Galo e Cruzeiro
Eu e a caneta é um clássico
Como a língua e o grelo
Tem quem goste e quem ache ácido
O mundo é o trono, o medo reina
Me perdoe a melancolia
Se o rap ficar mais bundão
Vou chamar de Mulher Melancia
Linhas raras
Tipo aquelas de guitarra
Compostas por Chuck Berry
Os pretos são presentes
Christmas Merry
Me chame Marighella, sem Fleury pra matar
Sou lampião, mesmo escuro
Luz no sertão
Tente me apagar
Boys não viram rappers por usar moletom
Somos negros com atitude
BH virou Compton
Rodar o mundo, 360
Qualidade 4K
Naipe Belchior
Já ouviram meu CD
Vou sumir pra descansar
Os menor leu Bell Hooks
E foi minha a ideia, irmão
Enquanto cês num fizer isso
Lembra Tropa de Elite?
Jamais serão

[Refrão: Djonga] Sei muito bem quem tentou
Mas não dá, mas não dá
Hoje não dá
Você pagou com traição
Vou festejar
O seu sofrer, o seu penar
Sei muito bem quem tentou
Mas não dá, mas não dá
Hoje não dá
Você pagou com traição
Vou festejar
O seu sofrer, o seu penar

[Verso 2: Well] Minha caneta é um sabre Jedi
Concluída cada letra, é um império que cai
Sério, então sai
Well Musashi, faz sushi
Quando ativa o flow samurai
Meu caderno nunca tá em stand-by
Congelando o inferno enquanto uns fala pa carai
Que rima pa carai, que é bandido pa carai
Mas se der alguma merda é o primeiro a ligar pro pai
E esses cara me detesta
Sabem que eu posso acabar com a festa
Num gostou? Arrisque e me testa
Faço qualquer ghostwriter te cobrar por hora extra
Raciocínio de Stephen Hawking
No modo bruxo eu tô Stephen Strange
Nas linhas, bruto que nem Django Livre
Vingativo assassinando Stephen Candie (uh)
Avisa pros Stephen Curry (há)
Que nós joga tipo King James, e
Não importa o que acontecer
Eu sei que vão tremer antes dos 7 games
E mim não conversar com esse fakes, mano
Tipo Schoolboy Q
Bob liga la na TDE (ok)
Avisa que o Brasil tem um novo rei
Mando esses playboy tomar no cu
Quero ver quem leva entre o kick e o clap
Na mira fácil busco um por um
Destrava as rima, click clack
BH vai virar capital do rap
Só lenda viva, geral tá na pilha
Essa aqui vai entrar pra história
Well e Djonga pela queda da Bastilha
São pretos no comando de novo
Me sinto um headhunter
Representando meu povo
Instinto Black Panther
Qualquer investida é infeliz, e
Não adianta esperar meu deslize
Alcancei o que tá além da sua vista
E na pista eu tô “take it easy”
Foda-se, foda-se
Só tô conquistando o meu lugar
Entao segue assim, fica pianin’
Ninguem fala de mim, pra não complicar
Sei muito bem quem tentou
Mas não dá
Se eu tô no jogo, só disputa prata
E se não gostou, só te resta chorar

[Refrão: Djonga] Sei muito bem quem tentou
Mas não dá, mas não dá
Hoje não dá
Você pagou com traição
Vou festejar
O seu sofrer, o seu penar
Sei muito bem quem tentou
Mas não dá, mas não dá
Hoje não dá
Você pagou com traição
Vou festejar
O seu sofrer, o seu penar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here