Artista: Hot e Oreia (DV tribo)
Single: Consome (Prod. Coyote)
Ano: 2017
Faixas: 1

LETRA:

[Intro] DV é Tribo
DV é Tribo
Original [?] Original GE
Ei mamãezinha

[Refrão: Oreia] A cidade é uma prisão
Isso me consome mano
A cidade é uma prisão
Isso me consome mano
Tento fugir mas tem uma mão me puxando
A cidade é uma prisão
Isso me consome
Tento fugir mas tem uma mão me puxando

[Verso 1: Oreia] Não sou Ratátá mas tenho sim uns mendigo por mim
Um dos nossos é dez dos seu metido a Sayajin
Submetido, academia, hash, gergilim
Eu dou moral pros hippie e pros camelo
Sou mestre Yoda
Abacadraba [?] e o shopping se exploda
Cá bum
Os boy cai de um a um
Tô sossegado, tranquilo
Bixo grilo
Só giro seis cartelas só mexo com quilo
Existe políticos bons com propostas incriveis
E de tão raros são invisíveis
Meu nome é Gusta
B7 busta
Quanto que custa pra limpar o seu buço
Cê acha
Esse aluno tá tarado demais
Castra
Minha vó tá jogando demais
Canastra
Matei o fã do Bolsonaro
Estudante que inventou o sertanejo universitário
Caralho
Eu sou Coringa ou Bat-otário
Cêis vende cebola, quando eu olho é alho
Enquanto o Buzz Lightyear a malha
Eu malho
Com a sua irmã mimando
Eu sou o mostruário
Menstruação de margarina e gozo de carvalho
Que se espalhe o orvalho
Nessa faculdade
É todo mundo [?] [Verso 2: Hot] Meu mano odeio polêmica
Rap é tão polêmico
Só falo por mímica
Com universo acadêmico
E essa rima cínica
Já manda toma no cu
Essa velha clínica
Playground da Zona Sul
A fraude do tudo azul
Mano tá tudo vermelho
Poodle, pinscher, pitbull tudo junto ali no meio
Buda ou (?) Sun Tzu?
O bagulho aqui tá feio
BH ou Tóquio
Vou colher o que semeio
Vou colher o que semeio
Semeio essa colheita
Sem saber se esse seio é da pátria ou do capeta
Muitas vezes fico alheio
Mocado dentro da gaveta
Com fé naquilo que creio
O estado é uma escopeta
Quanto mata por dia?
Onde a vida se esconde?
Eu tô perdido nessa via
Não sei se é perto ou se é longe
Sensei espeito é um monge
Fugiu, foi se encontrar
Foi beber da própria fonte pra de lá regenerar

[Refrão: Hot] A cidade é uma prisão
Isso me consome
A cidade é uma prisão
Isso me consome
Tento fugir mas tem uma mão me puxando
Tento fugir mas tem uma mão me puxando
A cidade é uma prisão
A cidade é uma prisão
Tento fugir mas tem uma mão me puxando

[Verso 3: Hot] Mas cê imagina
Fumando Hilton em Paris
Com as rima mais plástica que a Paris Hilton e seu nariz
Ouvindo Milton no chafariz
[?] do nascimento de mais uma alma feliz
Na flor de lótus ou flor de lis
Diz que o Jimmy Neutron me fez uma diss
Eu sou Isaac Newton, seu infeliz
Fazendo din-din como sua mãe quis
Foda-se os ianques
Sou galo doido
Cada vez mais punk
Eu cuspo no jogo
Só fumando kunks
[?] Meu mano Adebayor já mandou tacar fogo
Eu tô sem logo, fi
Rap sem selo
Sem camisinha fudendo sua audição no pelo
Fazendo as linha com muito zelo
Então pelo amor, vê se escute o meu apelo

[Verso 4: Oreia] Ó meu senhor me livrai de boy atrasa lado
De olhador de carro que pede adiantado
Livrai-me de polícia, pai de família
Que ainda sai pra rua pra apertar sua virilha
Um x-bacon sem ervilha por favor
Uma dólar de cinco e quinze de troco
Minha cachorra Maria pariu nove cria
Eu vou ficar com sete, dar duas pra minha tia
Já diminui o gasto, haja tanto pasto
Para tanta jega
Mano eu já tô gasto
Mas como eu te gosto
Não sei o que faço
Acho que já não po…
O rap é sempre pra alguém
Rap fala de alguém
Mas quem sabe fazer rap?
Ninguém, nem eu
Rap é pra alguém
Ele fala de alguém
Mas quem sabe fazer rap?
Ninguém, nem nóis

[Saída: Hot] Rap fala de alguém
Ele é sempre pra alguém
Mas quem sabe fazer rap?
Ninguém, nem eu
Ele fala de algúem
Mas quem sabe rap?
Ninguém, nem nóis

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here