Artista: PrimeiraMente
Single: Vê Bem | Prod. TH
Ano: 2017
Faixas: 1

LETRA:

[Verso1: Raillow] Eu quero ver quem vai fechar com nós
Eu quero ver somar com nós
Com a morena mais, e os parça mais louco da vila

E eu ouvi que o peito é a voz
Levanta a mão e pode pá que é nós
É os preto, é os boy, las chicas, los vândalos
Levo todos na camisa
Por um povo que cansou de sofrer
Era da informação, informação distorcida
Chacinas, esquinas, soldados ou PCC já nem importa mais
E eu vou fazer o que, ver o baile rolando e os (?) no armário
Os freestyle e os cana lá embaixo mas ta suave que hoje ta tudo pago
No sul da américa isso nunca funcionou
Estar na hora errada no lugar errado
Então vai ser o que esta escrito nos céus
Disciplina e proceder pra vida
Desviando os mano, sistema cano metálico
Sangue subindo, mano
Cuspindo tudo, mano
Os caninos afiado, mano
Dinheiro mágico e o tráfico formando fila
Entres esse ratos, cactos insanos
Lápido pensamento é o mundo contemporâneo
É a voz do povo chegando rápido
Sobreviventes aos hábitos, pactos
Sangue na brisa

[Verso2: Gali]

Críticos, cínicos, diagnósticos clínicos
Catuaba barata mas ta gelada
Presidentes cínicos, dependentes químicos
A selva é de pedra e a chuva é de bala
Com palavras: Mágicos, equilibristas, malabaristas de impacto
Com a tarefa ávido adapto
Pistas com óleo
Sangue no córrego
Corre do fogo
To cuspindo caos
Vários menor metendo o B.O então pópópópó
Pedra ele vende, longe mas chega
Quantos que eu já vi se perde por ai
Enquanto por aqui a meta é o mundo inteiroooo

Vê bem com quem você vai mexe
Sem, sem o Rap não da para viver
Essa é pra quem duvidou do rolê
Mundo da voltas só mosca pra vê
Deixa que falem, que falem, que falem de nós

[Verso3: Leal]

Que que tá acontecendo?
Que que tá acontecendo?

Eu vejo como a fita é
Quando cola alguém que só vem testar a minha fé
E si você não sabe como é
Mano eu vou mostra, mas você não pode dúvidar
E tipo pane, fome e o mulekote cresci como?
E toda madruga vira fuga e não tem dono
Sem sono cresce no corre no porre já não tem como
Manipule o cromossomos irmãos

E como somos depende de onde viemos
Para matar pobres ganham prêmio né
é o plano de guerra?!, a terra é sua?! eu odeio o seu jogo então ver se não fode!
Ó pode pá é sem logica oque era parte as graça geológica
Isso me enoja e pá, mas nem pode mosca onde visão não é somente questão de ótica

E antes de julgar as fitas
Eu me tranco nos pensamentos e reflito sobre oque eu faço
Conflitos, faixa de gaza, aflitos então segue o rumo
Consumo, feira de tudo, escravizado mesmo em casa é foda

Não adianta nem menti pro irmão, fala que não
Depois vem a consciência e cobra
Eu prefiro mil verdades na minha lata do que a mentira chata que arrasta, maltrata, sufoca, se toca maloka essa é a cota

Não mosca que nós trama na entoca, foca
Eu faço minha arte como eu sei
E de lei o que eu passei
Não servi para ser idiota
Se moca na volta tem os (?) jão
Sai fora que chacota aqui não conta, brota
Eu faço minha arte como eu sei
Canto as 3:00
Trampo as 6:00 e nem preciso de coca

Eles nem sabe a metade do que eu penso
Metade do que posso
Metade do que eu vejo
Metade do que eu sinto
Metade do que eu sou
E ainda querem me julgar

Eles nem sabe a metade do que eu penso
Metade do que posso
Metade do que eu vejo
Metade do que eu sinto
Metade do que eu sou
E ainda querem me julgar

Eles não sabem de nada não,não
Não sabem de nada não,não
Não sabem de nada não,não
Não sabem de nada não,não
Não sabem de nada não,não

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here