Artista: Coruja BC1
Single: Jazz Records
Ano: 2017
Faixas: 1

LETRA:

[Refrão: Fioti]
Baby, vou te levar onde cê não teve
Meu coração hoje não teme
O sonho é grande pra acordar
Baby, vou te levar onde cê não teve
Meu coração hoje não teme
O sonho é grande pra acordar

[Verso 1: Coruja BC1]
Eu vim por ordem na bagunça
Não groupie no camarim
Vou empilhar copos na horizontal
Enquanto multiplico meu din
Outro nível, sim
Jermaine Cole de ‘Forest Hills Drive’ thru de rima
E hoje cês vão ver um do gueto lá em cima
Bigfoot, atropelando Porsche lento no ponto morto
Tiro MC’s fake, em um take, da sua zona de conforto
Eu sou uma das sementes de Rakim, Whodini “Soul of magic”
Nas Jones de 94, ‘NDDN’ é meu ‘Illmatic’
O Brown de ‘Sobrevivendo no Inferno’
Consequência em sua melhor fase
Emicida do ‘Emicídio’
KL Jay virando uma base
Amiri do ‘Êta Porra’
Jamés Ventura do ‘Prefácio’, ok?
Um membro do Black Panthers chutando o crânio da K.K.K
Mauro Mateus nas ideias mostrando que rap é compromisso
O amor pelo que se faz, nunca menos que isso
Fiz o plano mais bem bolado
Larguei uns rap bolado
Deixei uns pela bolado
E eu tô tranquilo com um beck bolado
Tá no pódio não é pecado, entrei no game sem trapaça
Vão enfartar com meu sorriso ao ver esses vermes
Botei minha música na pista e fiz um estrago
Já tô com a mente dois disco à frente, tranquilo
Dando uns trago aí

[Refrão: Fioti]
Baby, vou te levar onde cê não teve
Meu coração hoje não teme
O sonho é grande pra acordar
Baby, vou te levar onde cê não teve
Meu coração hoje não teme
O sonho é grande pra acordar

[Ponte: Coruja BC1]
Homem sem fé não causa inveja a ninguém
Homem sem fé morre devendo a si
A sua história depende de mais ninguém
Além da fé que existe dentro de si
(Prossiga)

[Verso 2: Coruja BC1]
Cês Titanic, eu arca sobrevivendo ao dilúvio
Oxossi, anda comigo proteção pra vida inteira
Vão entrar em choque c’as tatoo de carpa
Essa rima é farpa na boca dos verme playboy que paga madeira
Vou entrar dentro da tua mente igual Professor Xavier
É o estouro do sofredor como tampa de Cereser
Meu corpo tá fechado da cabeça ao pé
Minha história faz até o mais ateu virar um homem de fé
Mataram Cristo, mataram King, mataram Malcolm
Mataram meu irmão de infância de cima da Falcon
Se a vida imita arte, não a arte que imita a vida
Minha arte vai narrar história dos preto que vence vida
Foda-se o sistema, sou um vírus em projeção
Predestinado a um trono que eu memo nem faço questão
Isso é “a.C./d.C.” do rap nas linha mais suja
Agora tudo que cê escuta diz: “Antes/Depois do Coruja”

[Saída: Coruja BC1 & Fioti]
Mentiras que confortam, ou verdades incômodas?
Mentiras que confortam, ou verdades incômodas?
Mentiras que confortam, ou verdades incômodas?
Mentiras que confortam, ou verdades incômodas?
Mentiras que confortam, ou verdades incômodas?
Mentiras que confortam, ou verdades incômodas?
Mentiras que confortam, ou verdades incômodas?
Mentiras que confortam, ou verdades incômodas?
O sonho é grande pra acordar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here